Não é a primeira vez que alguém faz arte com comida. Hoje em dia, com tanto reality show de chef, mesmo as apresentações de pratos em alguns restaurantes deve ser tão caprichada quanto uma obra.

A diferença nas criações de IdaFrosk, nome artístico da norueguesa Ida Skivenes, é que ela escolheu como meio artístico justamente o Instagram, que é motivo de piada pelas fotos de comida tratadas quase como arte, e que o objetivo de utilizar esse suporte e essa mídia é fazer coisas fáceis de copiar. Ou seja, de certa forma é um incentivo às fotos de comida, mas mostrando o potencial que essa forma de expressão, que nasceu na própria rede, pode ter nas mãos de uma cabeça realmente criativa.

movimento 31 instagram comida instapobre

O projeto Art Toast busca levar essa proposta a um outro nível, se baseando na interpretação literal de “food art” para tornar a arte mais acessível. As “peças” (será que é esse o termo?) não são tão fáceis de copiar, foram pensadas – nas palavras da artista – para “espalhar o amor à arte”.

Já foram criadas 15 peças, 3 para celebrar o aniversário de 150 anos de Edvard Munch, e a série continua, claro, no Instagram. E você pode ver outros projetos e curiosidades no blog.

+ posts imperdíveis

Comentários neste post