Tá, vamos começar do começo: dead drop é uma técnica de espionagem, que consiste basicamente na troca de informações sem que haja um encontro entre as pessoas. Apenas através de um item (dinheiro, mapas, instruções) deixado por um dos envolvidos em um local protegido e do qual apenas o outro tenha conhecimento.
E isso faz a gente pensar no que? Em meios alternativos de interação direta pessoa-a-pessoa. Então o projeto Dead Drops, criado por Aram Bartholl em 2010, apesar de usar a mesma estratégia, tem a intenção oposta do que o nome originalmente significa: é uma troca de arquivos com completos desconhecidos de maneira aleatória.

deaddrops dead drops usb flash drive pen drive filesharing file sharing free DIY clandestine art ny new york eyebeam aram bartholl

Na verdade desde 2009 existe na Alemanha o deadSwap um experimento social / jogo que cria uma plataforma de compartilhamento offline passando um dispositivo USB de participante para participante sem que a identidade de ninguém seja revelada, através de centrais de SMS operadas de forma independente. Mas o artista, que é de Berlim, levou a coisa prum outro nível enquanto passava uma temporada como artista residente em Nova York. Ao invés de restringir a troca entre um grupo, qualquer um que passar na rua pode puxar os arquivos no pendrive instalado na parede ou fazer o upload de alguma coisa no dispositivo. As pessoas são inclusive encorajadas a fazer suas próprias instalações, tem até vídeos, fotos e um manual.

deaddrops dead drops usb flash drive pen drive filesharing file sharing free DIY clandestine art ny new york eyebeam aram bartholl

Agora, Aram criou o DVD Dead Drop para o Museum of The Moving Image, também em Nova York.

deaddrops dead drops dvd filesharing file sharing free DIY clandestine art ny new york museum of moving image instalation aram bartholl

Em uma parede no exterior do museu foi instalado um drive no qual você insere o disco em branco e sete minutos e meio depois recebe uma gravação surpresa, que pode ser uma exposição de arte digital, uma coleção de mídia ou outro conteúdo de artistas selecionados. Ou seja, trouxe a arte para a intervenção urbana e vice-versa, oficializando que as próprias intervenções são uma forma de arte e que toda arte, na era da cultura digital, é livre deve estar acessível a todos sempre.

deaddrops dead drops dvd filesharing file sharing free DIY clandestine art ny new york museum of moving image instalation aram bartholl line

deaddrops dead drops dvd filesharing file sharing free DIY clandestine art ny new york museum of moving image instalation aram bartholl line 2

+ posts imperdíveis

Comentários neste post